domingo, 12 de setembro de 2010

FELICIDADE

Is.26:3 – “Tu conservarás em paz, aquele cujo propósito está firme em ti, porque confia em ti.”
A felicidade existe! Então escolha ser feliz.
A busca da felicidade não é para o tempo futuro, não pode ser adiada, precisamos viver intensamente o dia de hoje. O hoje é que nos dará condições para vivermos melhor o dia de amanhã.
Sl.90:14 – “Satisfaze-nos pela manhã com teu amor leal e todos os dias cantaremos felizes.”
Só somos felizes quando entendemos os propósitos de Deus para nossas vidas. Não são os bens materiais ou a fama que promovem esta alegria, que são agradáveis, porém passageiras. A verdade é que, não somos completos se não cumprirmos o que Deus quer para nossas vidas.
Diante de Deus somos únicos e somos identificados por Ele através de nossas marcas digitais. É preciso que creia nisso!
Tudo tem um propósito, Deus não criou as coisas aleatoriamente. À medida que as coisas foram criadas, elas correspondiam às reais necessidades para as quais foram feitas. Somos respostas para determinado fim, homens, mulheres, animais, plantas...
IICo.12:12 – “Porque, assim como o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, são um só corpo, assim é Cristo também.”
Cada membro tem uma função, mas para que o corpo funcione na sua integralidade, é necessário que cada um corresponda a um comando, no caso ao cabeça (Cristo) e nós, os membros (a igreja).
II Co.12:5 – “E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.”
São vários os ministérios, mas para que a igreja funcione, é necessário que todos correspondam à sua função. Cada um precisa desempenhar seu papel, para que haja um ritmo perfeito.
O minuto tem sessenta segundos e a hora sessenta minutos, e o dia se completa hora por hora, sucessivamente, até formar um dia de vinte e quatro horas. Nossa realização se cumpre quando realizamos o propósito de Deus, fomos criados para ser resposta de alguém.
Deus tinha um propósito para a vida de Paulo, que achava que agia de maneira correta quando perseguia os cristãos; até que caiu do cavalo e foi tomado de uma cegueira e ouviu uma voz que lhe dizia:
- Saulo, Saulo, por que me persegues? (At.9:3)
A resistência de Paulo terminou neste instante, quando entendeu que Jesus mostrava qual era o propósito para a vida dele.
Ananias foi a resposta da oração Paulo que o livrou da cegueira. (At.9:10)
Fomos criados para sermos respostas para alguém, portanto não devemos nos cansar de fazermos o bem, que é mais um motivo de trazermos felicidade para alguém e também sermos felizes no cumprimento do propósito que Deus tem para nós.
Salomão tentou achar a felicidade com as riquezas, muitas mulheres e a mesa farta, mas chegou a esta conclusão:
Ecl.12:13 – “De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, guarda os seus mandamentos; porque este é o dever de todo homem.”

Nenhum comentário: