quinta-feira, 16 de setembro de 2010

JESUS, A PEDRA ANGULAR

Mt.21:42a. – “Disse-lhes Jesus: Nunca leste nas Escrituras: A pedra que os edificadores rejeitaram, esta foi posta por cabeça de ângulo.”
A pedra angular é uma pedra colocada no canto, entre duas paredes, formando um ângulo reto, para alinhar um edifício e mantê-lo firme.
Na Palavra está escrito que Jesus é esta pedra angular. Jesus é a Rocha, onde podemos nos firmar para a edificação de nossas vidas.
Ef.2:20,21 – “Edificados sobre o fundamento dos apóstolos e dos profetas, de que Jesus Cristo é a principal pedra de esquina; no qual todo o edifício bem ajustado cresce para templo santo do Senhor.”
Nosso firme fundamento é Jesus, e toda casa construída sobre este fundamento jamais será abalada. Chuvas, ventos ou grandes tempestades não permitem que os alicerces sejam atingidos, porque estão consolidados na Rocha. Nossa fé não pode estar alicerçada numa denominação, num pastor ou nas riquezas.
Mt.7:24 – “Todo aquele, pois, que ouve as minhas palavras e as pratica, assemelhá-lo-ei ao homem prudente que edificou a casa sobre a rocha.”
Se em nossos corações existem coisas abaláveis, estas precisam ser removidas. Tudo o que nos é dado por Deus deve permanecer; apenas o que não agrada ao Senhor precisa ser reduzido a pó.
Mt.21:44 – “Quem cair sobre esta pedra será despedaçado e reduzido a pó.”
Escórias e entulhos não fazem parte de uma estrutura no corpo de Cristo; nela só permanece o que é de Deus.
Pedro recebeu esta grande revelação de que Jesus era o Filho de Deus vivo, ao que Jesus lhe respondeu:
Mt.16:18 – “Pois eu também te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e as portas do inferno não prevalecerão contra ela.”
A pedra era a declaração de que Jesus é a edificação da igreja, e o impacto desta revelação sobre nós é que, ao nascermos de novo, deixamos de lado as coisas velhas e reduzimos a pó os velhos hábitos que não agradavam a Deus.
Todos nós passamos por abalos, e até Jesus passou por isto:
Mt.4:3 – "E, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, mande que estas pedras se transformem em pães.”
Satanás estava tentando abalar Jesus depois de um jejum de quarenta dias, colocando em xeque a sua procedência, mas Jesus já havia recebido a revelação do Pai ao ser batizado por João Batista.
A fé de Pedro foi abalada, mesmo sendo advertido por Jesus de que seria peneirado (Lc.22:31). A mentira de Pedro quando a criada lhe perguntou se fazia parte do grupo abalou suas estruturas e fez com que enxergasse a sua miséria.
I Pe.2:4 – “E, chegando-se para ele – pedra viva, reprovada na verdade pelos homens, mas para Deus, eleita e preciosa. Vós também como pedras vivas sois edificados para casa espiritual e sacerdócio santo.”
Pertencemos a um reino firmado no fundamento que é Jesus Cristo e que não pode ser abalado! (Hb.12:28).

Nenhum comentário: