sábado, 14 de janeiro de 2017

VOLTA A CASA DO PAI



 Pv.13:13 – “O que despreza a palavra perecerá, mas o que teme o mandamento será galardoado.”
Você já pensou onde quer passar a eternidade?
Pense sempre à longo prazo, obedeça as ordens de Deus sem vacilar, não seja enganado por falsas promessas, que muitas vezes podem parecer atraentes, mas que são caminhos de morte.
Pv.14:12 – “Há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são caminhos de morte.”
Quando somos constrangidos através de uma ordem de Deus não nos sentimos confortáveis. A disciplina sempre nos constrange, e no momento nunca é agradável. Precisamos sempre nos lembrar que o livre-arbítrio, por vezes, nos levam a pecar!
Lc.15:51 –“ Um certo homem tinha dois filhos e o mais moço deles disse ao pai: - Dá-me a parte da minha herança.”
Este filho resolveu viver longe das vistas do pai e gastou toda a sua fortuna a ponto de ter que mendigar um prato de comida, pois a fome grassava em toda a terra.
Mt.15:4a– “Porque Deus ordenou: Honra a teu pai e a tua mãe.”
Aí já houve um desvio da palavra de Deus. Abandonar o lugar que é seu, deixa um espaço livre para o inimigo agir. Nossos bens espirituais e materiais precisam ser preservados, não desperdiçados.
Lc.15:15 – “E foi, e chegou-se a um dos cidadãos daquela terra, pedindo emprego, o qual mandou-lhe apascentar seus porcos.”
Criação de porcos era ilícita, pois era uma proibição de Deus, mas a sua fome era tanta que queria comer até  lavagem dos porcos, seu estado era de completa humilhação.
Ao cair em si, este jovem, reconhecendo seu erro, decidiu voltar para casa até mesmo como escravo. Retornar é sempre difícil, pois implica em humilhação.
Ao se aproximar de seu pai disse-lhe:
Lc.15:18 – “Pai, pequei contra o céu e perante ti e não sou digno de ser chamado teu filho; faze-me como um dos teus trabalhadores.”
O arrependimento profundo (metanóia) é uma tomada de posição, mudança de atitude. Quando manifestamos arrependimento e confessamos nossos pecados, sempre seremos perdoados pelo Pai.
Este filho arrependido, ao sentir-se indigno recebeu o beneplácito de seu pai.
Não adianta querer andar fora das regras que o Senhor nos deu. O preço sempre será alto.

Nenhum comentário: