quarta-feira, 6 de setembro de 2017

EXPERIENCIAS COM DEUS



 Rom.5:3,5 – “E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz paciência, e a paciência experiência, e a experiência esperança, e a esperança não traz confusão, porquanto o amor de
Deus é derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado.”
Somente quando temos uma experiência real com Deus é que não perdemos a esperança, mesmo em circunstâncias desfavoráveis.
Firmarmos nas promessas de Deus é a base.
II Tim.1:12 – “Por cuja causa padeço também isto, mas não me envergonho; porque eu sei em quem tenho crido, e estou certo de que é poderoso para guardar o meu depósito até aquele dia.”
Sl.23:1 – “O Senhor é meu Pastor e nada me faltará.”
As experiências pessoais fazem com que nossa fé não vacile!
Muitas vezes retemos bênçãos quando não confiamos inteiramente naquele que é poderoso para fazer muito mais do que pedimos ou pensamos.
I Sam.17:33 – “Porém Saul disse a Davi: Contra este filisteu não poderás ir para pelejar com ele; pois tu és ainda moço, e ele homem de guerra desde a sua mocidade.”
Golias, mesmo sendo um homem que gigante e experimentado em guerras, não conseguiu amedrontar Davi, que havia tido experiências com Deus quando apascentava suas ovelhas, conseguindo prevalecer contra um urso e um leão que tentaram abater uma de suas ovelhas do rebanho.
A resposta de Davi ao rei Saul foi:
I Sam.17:37 – “Disse mais Davi: O Senhor me livrou da mão do leão e do urso; ele me livrará da mão deste filisteu. Então disse Saul a Davi: Vai-te embora, e o Senhor seja contigo.”
Sabemos qual foi o resultado: Davi confrontou Golias e o aniquilou completamente, e antecipando sua vitória falou ao filisteu gigante:
I Sam.17:47 – “ E saberá toda esta congregação que o Senhor salva, não com espada, nem com lança; porque do Senhor é a guerra, e ele vos entregará na nossa mão.”
Quando somos provados é que experimentamos o poder do livramento!
Nunca devemos desanimar nem olhar para as circunstâncias.
Jó:19:25 – “Eu sei que o meu Redentor vive.”
Foi num período de grande tribulação, o mais difícil de sua vida, que Jó se levantou dizendo que o Senhor poderia livrá-lo.
Como dissemos nos versículos de Romanos 5, a tribulação produz a paciência e é confiando nesta experiência que veremos a manifestação do poder de Deus.
Hb.10:36 – “Porque necessitais de paciência, para que, depois de haverdes feito a vontade de Deus, possais alcançar a promessa.”




Nenhum comentário: