segunda-feira, 11 de setembro de 2017

FASES DA TENTAÇÃO


  Tg.1:13 – “Ninguém sendo tentado diga: de Deus sou tentado, porque Deus não pode ser  tentado pelo mal, e a ninguém tenta.”
Desde a criação do primeiro homem Adão, sofremos tentações, Eva ao comer o fruto proibido estava dando início ao processo de nossa separação de Deus. Seu desejo carnal, sua satisfação ao contrariar as ordens expressas do Senhor gerou a queda.
Tg.1:14 – “Mas cada um é tentado quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência.”
A concupiscência é o nosso desejo de satisfação carnal, não importando o preço que pagamos para conquistarmos o objeto do desejo, seja na área material, física ou espiritual.
Tg.1:15 – “Depois, havendo a concupiscência concebido, dá luz ao pecado, e o pecado consumado gera a morte.”
A tentação não é pecado, mas sim a tentativa do inimigo para deixarmos a palavra de Deus de lado. Podemos dizer que a tentação é o pecado ainda não consumado.
O acesso ao portal do mal só é fechado através da palavra de Deus. Jesus ao ser tentado usou essa prerrogativa:
Mt.4:4 – “Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que procede da boca de Deus.”
Existem cristãos e religiosos, para ser cristão autêntico temos que tomar nossa cruz e negar-se a si mesmo. Ainda que possamos sofrer a tentação, teremos forças para resisti-la.
Precisamos estar alimentados espiritualmente, porque Jesus é o caminho, a verdade e a vida, é a ponte que nos leva ao Pai. Deus tem que ser o primeiro amor; o fruto deste relacionamento íntimo com o Pai nos fortalece para resistirmos o mal: Resisti, e ele fugirá de vós!
O Senhor sempre nos livrará do mal, se estivermos vivendo de conformidade com a sua Palavra.
I Co.10:13 – “Não vos sobreveio tentação nenhuma que não fosse humana, mas fiel é Deus, que não vos deixará tentar acima do que podeis, antes com a tentação dará também o escape, para que possais suportar.”
Na oração que Jesus ensinou aos discípulos está escrito:
Mt.6:13 – “Não nos deixeis cair em tentação e livrai-nos do mal.”
A tentação é uma armadilha para que a palavra de Deus seja deixada de lado, e só podemos resistir a este mal se estivermos firmados nesta palavra.


Nenhum comentário: