sábado, 2 de setembro de 2017

O QUE HERDAMOS DE NOSSOS PAIS



  Sl.127:3 – “Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do seu ventre o seu galardão.”
Gerar filhos é uma ordem dada por Deus desde o princípio: crescei e multiplicai-vos.
Herdamos de nossos pais habilidades, semelhanças físicas, hábitos, fobias, doenças recorrentes e, principalmente o D.N.A., conseqüência biológica.
O D.N.A. permanece inalterado, mas muitas coisas podem ser transformadas: nosso comportamento, nossas fobias herdadas por manias adquiridas, hábitos alimentares e principalmente o temperamento.
A função dos pais, como mordomos de um bem precioso dado por Deus; é instruir os filhos de acordo com todos os princípios de Deus, arrolados na Bíblia.
Sl.132:12 – “Se os teus filhos guardarem a minha aliança e os meus testemunhos, que eu lhes hei de ensinar, também os teus filhos  se assentarão perpetuamente no meu  trono.”
Criança absorve tudo o que vê e ouve. Somos responsáveis pelo seu crescimento físico e espiritual. Devemos desassociar de nossas vidas tudo o que não produz resultados benéficos para seu crescimento; não é porque alguém teve um pai violento e sem amor que precise seguir o mesmo padrão.
A vida em família precisa ser valorizada e à medida que formos instruindo as crianças a viverem no amor, estaremos transformando o seu temperamento e moldando seu caráter.
Pv.22:6 –“ Ensina a criança no caminho que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele.”
Fico abismada ao ver a educação dada por certos pais hoje em dia! Vejo a tirania exercida pelas crianças pela falta de disciplina e de ensino. Criança precisa ser disciplinada e ter limites dentro do que lhe pode ser permitido.
As crianças são reflexo daquilo que sentem e enxergam e se não tiver um exemplo de integridade, de amor e de cuidado, certamente manifestarão a sua rebeldia.
Nunca pense que é desperdício o tempo usado para atender seus filhos. Não deixe que o labor atrapalhe bons momentos que não terão volta.
Os filhos crescem e os melhores momentos vividos com eles devem ser da infância, porque os frutos que colheremos quando se tornarem adultos, serão a manifestação viva daquilo que foi adquirido quando crianças.

Nenhum comentário: