quinta-feira, 5 de abril de 2018

COMBATENDO A CAUSA DA MALDIÇÃO


  Pv.26:2 – “”Como pássaro no seu vaguear, como andorinha no seu voo, assim a maldição sem causa não virá.”
Sempre precisa existir um motivo para a maldição nos alcançar. Todos nós enfrentamos dificuldades, mas isto não quer dizer que fomos amaldiçoados. Existe uma grande diferença entre maldição e aflição.
Jo.16:33 – “Em mim tereis paz, no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, pois eu venci o mundo.”
Enfrentamos conflitos e queremos saber onde erramos. Erramos quando pecamos e são estas as brechas que abrimos para que a “maldição” nos alcance: a murmuração, a omissão, a blasfêmia e a desobediência são portas abertas para a ação do maligno.
Portanto é o pecado que abre as portas e não há medida para o pecado, por isso temos que colocar um freio no pecado, porque ele pode causar uma paralisia espiritual.
Tg.1:15 – “ Depois, havendo a concupiscência concebido, dá luz ao pecado; e o pecado sendo consumado, gera a morte.”
Vemos assim que o pecado que nos distancia de Deus e encobre seu rosto para que não nos veja e ensurdece seus ouvidos para que não nos ouça e seus braços se encolhem e não nos alcança.
Is.59:1,2 – “Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não nos possa salvar; nem seu ouvido agravado para não poder ouvir. Mas as vossas iniquidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus: e os pecados encobrem o seu rosto de vós para que vos não ouça.”
Precisamos combater a causa confessando nossas transgressões com arrependimento sincero.
I Jo.1:9 – “Se confessarmos os nossos pecados, ele e fiel e justo, para nos perdoar e nos purificar de toda a injustiça.”
Para que o resultado aconteça é a causa que precisa ser eliminada!
Ao ser introduzido pelo teto do local onde Jesus estava pregando, Jesus falou ao homem paralítico:  - Homem, os teus pecados estão perdoados (Lc.5:20).
Antes de Jesus te visitar com o milagre, ele quer perdoar os teus pecados!
Deut.28:2 – “E todas as bênçãos te alcançarão, quando ouvires a voz do Senhor teu Deus.”
A maldição está intrinsecamente ligada ao pecado. Se estivermos agindo de acordo com os padrões determinados por Deus ela não poderá nos alcançar, mas as bênçãos sim; e não precisaremos correr atrás dela .

Nenhum comentário: