quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

EMBAIXADORES DE CRISTO


Ag.1:13 – “Então Ageu, o embaixador do Senhor, falou ao povo, conforme a mensagem do Senhor: Eu sou convosco, diz o Senhor.”
Após o exílio, os judeus retornaram do cativeiro babilônico para a cidade de Jerusalém, no tempo de Ciro, rei da Pérsia. A cidade encontrava-se em ruínas e Ageu e o profeta Zacarias foram levantados para convocar o povo, estimulando-os à reconstrução do Templo: assim estariam também contribuindo para que a prosperidade de suas vidas fosse restaurada. A ordem expressa era:
Ag.1:8 – “Subi ao monte, e trazei madeira, e edificai a casa, e dela me agradarei; e eu serei glorificado, diz o Senhor.”
Fazendo uma comparação com nossa vida secular, para termos uma vida abundante também precisamos reconstruir nosso templo; isto é, restaurarmos nossa comunhão com Deus, porque também estávamos cativos e destruídos e à medida que tomamos esta atitude, os lugares assolados vão tomando nova forma. Não podemos deixar que o tempo de deserto ou de cativeiro influa na reconstrução.
A mensagem para subir ao monte é para orar e receber instruções e a direção de Deus, não só para nós, mas talvez para atingir até uma multidão, com o propósito de uma grande restauração.
O Senhor nos convocou para sermos embaixadores, o embaixador representa seu povo, seu país, para que Ele seja exaltado e manifesta seja a sua glória!
II Co.5:17 – “Assim se alguém está em Cristo, nova criatura é; as coisas velhas se passaram, eis que tudo se fez novo.”
A promessa de Deus desde o tempo de Ageu é:
Ag.2:9 – “A glória desta última casa será maior do que a da primeira, diz o Senhor dos Exércitos, e neste lugar darei a paz, diz o Senhor dos Exércitos.”
Em provérbios está escrito:
“Um mau mensageiro cai no mal, mas o embaixador fiel é saúde.”
Podemos trazer saúde a muitas pessoas, através da aplicação da Palavra, como embaixadores de Cristo.
II Co.5:20 – “De sorte que somos embaixadores de Cristo, como se Deus rogasse por nós. Rogamo-vos pois da parte de Cristo, que vos reconcilieis com Deus.”
Vemos sempre uma co-relação entre o antigo e o novo Testamento: a reconstrução de nosso templo interior é a reconciliação com Deus, em Cristo Jesus.
Temos que ter sempre a consciência despertada para o amor de Deus na entrega de seu Filho:
II Co.5:21 – “Aquele que não conheceu o pecado, o fez pecado por nós; para que nele fossemos feitos justiça de Deus.”

Nenhum comentário: