sábado, 12 de setembro de 2015

CIDADÃOS DO CÉU


Fil.3:20 – “Mas a nossa cidade está nos céus, donde também esperamos o Salvador, o Senhor Jesus Cristo.”
Estamos no mundo,  mas não somos do mundo. Habitamos em toda a parte, mas nosso destino é a pátria celestial. Fomos selecionados para sermos o mistério de Deus aqui na terra, como gentios, enxertados na oliveira verdadeira, junto com o povo escolhido.
Rom.11:16 – “E se alguns ramos foram quebrados, e tu zambujeiro foste enxertado no lugar deles, e feito participantes da raiz e da seiva da oliveira.”
O lugar original não era nosso, mas sim dos judeus, e nós fomos inseridos na oliveira nobre. O zambujeiro é uma oliveira brava, que não produz frutos e não serve para nada. Nossa oportunidade de inclusão foi proporcionada pela incredulidade dos judeus.
Rom.11:20 – “Pela incredulidade foram quebrados, e tu estás em pé pela fé; então não se ensoberbeças, mas teme.”
Deus nos chamou para cumprirmos o seu propósito: que é de levar a todos o conhecimento da Palavra de Deus.
I Pe.2:9 – “Mas vós sois a geração eleita, o sacerdócio real, a nação santa, o povo adquirido para que anuncieis a virtude daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.”
Temos uma missão a cumprir como pedras vivas para a edificação do Corpo de Cristo.
I Pe:2:5 – “Vós também como pedras vivas, sois edificados casa espiritual, sacerdócio santo, para oferecer sacrifícios espirituais, agradáveis a Deus, por Jesus Cristo.”
As pedras não são uniformes como os tijolos que são moldados. Cada pedra tem seu tamanho, mas se encaixam perfeitamente para que juntas representem a unidade. Convém salientar que unidade não é uniformidade, pois o Senhor respeita nossa individualidade. Ninguém é descartado por Deus, pois Ele não faz acepção de pessoas. Ao escolher os gentios o Senhor estava nos convocando para sermos participantes da sua história.
Hb.12:22,23 – “Mas chegastes ao monte de Sião, a cidade do Deus vivo, à Jerusalém celestial, e aos muitos milhares de anjos. A universal assembleia e igreja dos primogênitos, que estão inscritos nos céus, e a Deus juiz de todos, e aos espíritos dos justos aperfeiçoados.”

Nenhum comentário: