quarta-feira, 25 de novembro de 2015

EBENEZER - ATÉ AQUI DEUS NOS AJUDOU




 ISam.7:12 – “Então Samuel tomou uma pedra, e a pôs entre Mispá e Sem e chamou o seu nome: Ebenézer: e disse : até aqui Deus nos ajudou.”
O Senhor ouviu o clamor feito por Samuel e abateu todos os filisteus com quem estavam guerreando os filhos de Israel e assim houve paz. Os limites que o Senhor nos ordena precisam ser respeitados, não se deve ir além, porque se forem ultrapassados ficaremos fora da cobertura de Deus.
Pv.22:28 – “ Não removas os limites antigos que fizeram os teus pais.”
Atualmente, vemos que todos os limites estabelecidos para nossos filhos são na maioria das vezes, ultrapassados; o respeito e a obediência estão fora de controle.
I Sam.3:13 – “Porque eu já lhe fiz saber que julguei a sua casa para sempre pela iniquidade que ele bem conhecia, porque fazendo-se os filhos execráveis não os repreendeu.”
Os filhos de Eli ultrapassaram os limites de Deus...
I Sam.2:29 – “E eu o escolhi dentre todas as tribos de Israel para sacerdote, para oferecer sobre o meu altar, para acender o incenso e para trazer o efóde perante mim, e dei ao teu pai todas as ofertas queimadas dos filhos de Israel.”
Eli era um homem escolhido por Deus para servi-lo como sacerdote e conhecia profundamente seus mandamentos, que os transmitiu a Samuel, seu substituto, o qual havia sido instruído desde a mais tenra infância; mas não exerceu a mesma autoridade sobre seus filhos naturais, que se tornaram rebeldes e desobedientes.
Quando respeitamos os limites de Deus, as bênçãos nos alcançam.
Deut.28:32 – “E todas estas bênçãos te alcançarão, quando ouvirdes a voz do Senhor.”
Os mandamentos de Deus não são custosos, se quisermos desfrutar de sua presença perpetuamente, precisamos obedecê-los e não afrouxar nossa autoridade sobre nossos filhos, ensinando-os a caminhar pelos caminhos da vida.
I Sam.2:30 – “Portanto, assim diz o Senhor Deus de Israel, na verdade tinha dito eu que tua casa e a casa de teu pai andariam diante de mim perpetuamente, porém agora diz o Senhor: Longe de mim tal coisa, porque aos que me honram,  honrarei, porém aos que me desprezam serão envilecidos.”
Nosso compromisso com Deus é coisa séria e a desobediência produz danos irreparáveis. Longe do Pai só temos prejuízo, afastar-nos de sua cobertura corremos o risco de perder a vida eterna.

Nenhum comentário: