segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

LEVANDO DEUS A SÉRIO




 Jo.1:9,10 – "Ali estava a luz verdadeira, que alumia a todo homem que vem ao mundo. Estava no mundo, e o mundo foi feito por ele, e o mundo não O conheceu.”
Nós também estamos no mundo, mas não pertencemos a ele. Nosso principal objetivo é sermos representantes ativos de Deus e refletirmos a sua luz.
- Haja luz! Foi a primeira ordem vinda dos céus, dada por Deus, para a reconstrução do mundo, porque o caos e as trevas estavam por toda a parte.
Após a queda de Adão, o Senhor se arrependeu do que havia refeito. A inclinação do homem para o pecado sempre habitou em seu interior. Somos frágeis criaturas que insistem em errar, e precisamos estar constantemente debaixo da autoridade do Senhor, para cumprirmos nosso papel.
Jo.3:16 – “Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele creia não pereça, mas tenha a vida eterna.”
Foi através de Jesus que pudemos novamente se reconciliar com o Pai. As expectativas de Deus à nosso respeito são grandes. Mas será que estamos dispostos a fazer o que já está pré-determinado por Ele?
Dn.1:9  - “Daniel assentou em seu coração não se contaminar com sua porção do manjar do rei.”
O banquete que o rei oferecia aos seus servidores era farto de iguarias finas e de bons vinhos, mas mesmo sendo desejável, Daniel se recusou a comê-lo, porque ali havia diversos alimentos proibidos  para quem seguia rigorosamente as leis de Deus. Mesmo vivendo na Babilônia, sujeito à outro rei, Daniel negava-se a participar destes banquetes mundanos.
Há sempre uma escolha e nós temos livre-arbítrio; o resultado das nossas opções irão interferir em nossa comunhão com Deus. Lembre-se: se o Senhor não entra em determinados lugares, você também não deve entrar, não brinque com o pecado, e não seja um cristão apenas de aparência.
II Pe.2:9 – “Assim sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos e reservar o injusto para o dia do juízo, para serem castigados.”
Quem ama e respeita as coisas de Deus pode ser livre das tentações. Santidade é inerente aos princípios estabelecidos por Deus e que precisamos levar à sério.
Gen.3:6 – “E vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou seu fruto e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.”
A árvore do bem e do mal não podia ser tocada, muito menos comer de seus frutos...
Adão e Eva deixaram de lado as ordens de Deus e aceitaram a sugestão da serpente (Gen.3:1).
O pecado, à primeira vista, nos parece tentador e desejável, mas precisamos resistir; ir além da nossa vontade, para evitarmos sérias consequências. São os nossos erros que nos afastam de Deus.
Quem ama a Deus e respeita suas leis e certamente desfrutará de suas benesses.



Nenhum comentário: