terça-feira, 9 de fevereiro de 2016

TEMPERAMENTOS TRANSFORMADOS




 Mt.16:26 – “Pois o que aproveita o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?”
Precisamos saber valorizar os milagres que acontecem em nossas vidas. Na maioria das vezes nos passam despercebidas mudanças que Deus vai fazendo a cada dia, nos transformando em testemunhas de Cristo.
Estas mudanças imperceptíveis é que nos levam a nos aproximar mais e mais do autor e consumador de nossa fé: Jesus.
O arrependimento, a confissão, a consciência do perdão e da salvação é o que motiva nossa transformação.
Temperamentos transformados é a meta que o Senhor tem para cada um de nós. Deus nos aceita como somos, mas quer que nos moldemos a sua imagem e semelhança.
Benção não é sinônimo de salvação, o Senhor pode curar qualquer um, mas reserva a salvação para aqueles que querem segui-lo. Lembramos o caso dos dez leprosos, todos foram curados, mas somente um voltou-se para agradecê-lo.
Deus criou Jacó, mas transformou-o em Israel, a forma ou a transformação só e feita depois da criação.
Is.43:1 – “Mas agora, assim diz o Senhor que te criou ó Jacó, que te formou ó Israel, não temas porque eu te remi, chamei-te pelo teu nome: tu és meu!
A transformação de Jacó aconteceu lentamente, de suplantador desde o ventre de sua mãe, quando tentou nascer antes do primogênito, até conseguir tirar a progenitura de Esaú seu irmão, que a vendeu por um prato de lentilhas, roubando-lhe ainda a benção do pai, no seu leito de morte. Quando fugiu da casa do seu pai para se livrar da ira de seu irmão começou a ter consciência de seu caráter, de quem realmente era, e de quem era o seu Deus, e então deixou-se transformar.
Depois de se submeter a um longo período de subserviência ao seu tio e sogro Labão, resolveu encontrar-se com seu irmão para se reconciliar com ele. Ao se aproximar do vale do Jaboque teve que lutar com um anjo, porque estava obstinado a conseguir uma grande benção, demonstrando o seu arrependimento e em busca de uma benção maior.
Gen.32:27 – “Qual é seu nome? “ perguntou o anjo importunado com tanta luta.
Gn.32:28 – “Não chamarás mais Jacó, mas Israel.”
A decisão de Jacó era séria diante de Deus em busca de uma nova vida, de um novo nome, e se transformou de Jacó, o suplantador, em Israel, aquele que lutou com Deus até prevalecer e receber sua benção.
Pv.22:1 – “Mais digno de ser escolhido é o bom nome do que muitas riquezas, e a graça é melhor que a riqueza e o ouro.”
A maior benção que podemos receber é a transformação de nossas vidas. O evangelho, as boas-novas, é o grande projeto de mudança para nós. Quando somos maleáveis para que estas mudanças ocorram, o milagre acontece.




Nenhum comentário: