terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

ULTRAPASSANDO OS LIMITES


Pv .22:28 – “Não removas os limites antigos que fizeram teus pais.”
Ultrapassar os limites dados por Deus é desobediência.
O jardim do Éden foi formado por vários tipos de árvores, mas duas eram as mais importantes: a árvore da vida e da ciência do bem e do mal.
Gen.2:17 – “Mas da árvore da ciência do bem e do mal, dela não comerás, porque no dia em que dela comeres, certamente morrerás.”
Da árvore da vida, o casal do Éden até poderiam comer (viveriam eternamente), mas por uma questão de obediência, não deveriam atrever-se  a comer seus frutos. A curiosidade é, muitas vezes, causa de grandes confusões.
Nossa mente limitada não consegue  enxergar as ordens dadas por Deus com a clareza suficiente para obedecê-Lo. O Senhor nos trata individualmente e sempre é bem claro em suas revelações.
Deut.29:29 – “As cousas encobertas são para o Senhor nosso Deus, porém as reveladas pertencem a nós e a nossos filhos para sempre.”
O excesso de conhecimento, de querer saber além dos limites, podemos denominar como a “árvore dos porquês.”
A serpente soprou aos ouvidos de Eva:
Gen.3:4 – “Certamente não morrerás.”
O conhecimento de Adão e Eva era somente do bem, mas o veneno instilado pela serpente despertou a curiosidade...
Gn.3:6 –  “E vendo a mulher que aquela árvore era boa, e agradável aos olhos,  desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto e comeu e deu também ao seu marido, e ele comeu com ela.”
Existem muitas questões que não temos respostas, e para isto precisamos confiar em Deus, pois se entendemos tudo completamente eliminamos a fé.
Rom.12:3 – “Porque pela graça que me é dada, digo a cada um que não pense de si mesmo além do que lhe convém, conforme a medida de fé que o Senhor deu a cada um.”
Com um pomar repleto de frutos apetecíveis Adão e Eva optaram por aceitar a sugestão do inimigo a fim de aumentar seu conhecimento sobre coisas que o Senhor não queria revelar, colocando em dúvida o poder da Palavra de Deus, motivados não só pela curiosidade, mas invadindo o território de Deus. O inimigo está sempre à espreita esperando nosso vacilo, portanto nunca saia dos limites que o Senhor te colocou, fique no seu lugar, dentro dos limites estabelecidos por Deus, dentro de sua cobertura e de sua proteção. Quando Deus quer  revelar alguma coisa Ele é bem claro em seu intuito.
Sl.25:14 – “A intimidade do Senhor e para os que o temem; e Ele lhes fará saber o seu concerto.”


Nenhum comentário: