domingo, 16 de agosto de 2015

PERDENDO A VISITAÇÃO DE DEUS


Jó:33;14,15 – “Antes Deus fala uma; duas vezes, porém ninguém atenta para isso. Em sonhos, em visão noturna, quando cai o sono profundo sobre os homens, e adormecem na cama.”
Somos desatentos a voz do Senhor, e perdemos a sua visitação, mesmo quando nos instrui através de sonhos e visões, e ficamos sem entender seus propósitos.
São muitas as oportunidades que o Senhor nos apresenta, sua visitação é constante, mas poucas vezes as sentimos ou as entendemos.
Lc.10:38 – “E, aconteceu que, indo eles de caminho, entrou numa aldeia; e certa mulher, de nome Marta, o recebeu em sua casa.”
Vemos aqui um exemplo clássico: Marta recebeu Jesus em sua casa, mas quem se assentou aos seus pés, foi Maria, sua irmã. A ocupação de Marta fez com que perdesse o melhor: a visitação de Jesus.
O mesmo aconteceu com os fariseus que oravam pela vinda do Messias, mas Jesus já estava no meio deles, e também perderam sua visitação porque não o reconheceram.
Jesus chorou e se lamentou pelo fato:
Mt.23:37 – “Jerusalém, Jerusalém, que matas os seus profetas e apedrejas os que te são enviados, quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta seus pintos debaixo de suas asas, e tu não quiseste.”
Em Oséias (4:7) está escrito que o povo perece pela falta de conhecimento. Quando não conhecemos a palavra de Deus, perdemos a oportunidade de recebermos sua visitação. O Senhor não desiste de nós, mas respeita nossa limitação e nossa falta de entendimento.
Deus nunca invade o nosso espaço, espera que abramos a porta para que nos visite, ou então faça sua eterna morada.
Ap.3:20 – “Eis que estou à porta e bato, se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei e ele comigo.”
Precisamos aprimorar nossa visão e nossa audição espiritual para não recusarmos a sua visitação.



Nenhum comentário: