domingo, 20 de novembro de 2016

A PLENITUDE DO ESPÍRITO SANTO




 Mt.28:18,20 – “Jesus então se aproximou e lhes disse: Todo o poder me foi dado no céu e na terra. Ide então, fazei discípulos, batizando-os em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, ensinando-os a guardar tudo o que eu vos mandei. Eis que estarei convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.”
A comissão dada aos discípulos não prevê limites de tempo nem de espaço. A regra dada é fazer com que todo homem chegue ao conhecimento de Deus e tenha um relacionamento pessoal com Jesus. A presença da triunidade é feita através do Espírito Santo.
At.1:8 - “Mas recebereis o poder do Espírito Santo, que há de vir sobre vós e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra.
A promessa de Jesus foi para que não se ausentassem de Jerusalém, antes de receberem o poder do alto (At.1:4).
Para fazermos o que Deus quer precisamos estar plenos do Espírito Santo!  Não podemos fazer a obra de Deus atropeladamente, sem o preenchimento dado por Deus. É o Espírito Santo que nos habilita e nos capacita, porque sozinhos não somos capazes.
Jo.14:16 – “Eu rogarei ao Pai e ele vos dará outro Consolador, para que fique convosco para sempre.”
Quando o Espírito Santo habita em nós somos convencidos do pecado, da justiça e do juízo e as práticas do passado perdem a sua essência. Receber a palavra de Deus em sua totalidade nos leva a cumprir a sua vontade, porque sua palavra é viva e eficaz. Não podemos cumpri-la pela metade ou mais ou menos, não podemos ser inconstantes. O Espírito Santo não funciona somente aos domingos, quando vamos à igreja: é para todos os dias – até a consumação dos séculos.
A autoridade já nos foi dada, mas quando pedimos mal, não recebemos, porque necessitamos do Espírito Santo para orarmos como convém, mesmo que seja com gemidos inexprimíveis. O Espírito Santo tem tudo haver com o que você precisa: milagres, curas, solução de seus problemas. Nosso espaço vazio é o espaço garantido para sua ação: Ele habita em você – e sabe quais são suas reais necessidades.
Jesus, através do Espírito Santo sabia da real necessidade da viúva de Naim (Lc.7) e por isso ressuscitou seu filho, que estava sendo levado para o túmulo.
Lc.11:13 – “Pois vós sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos seus filhos, quanto mais o vosso Pai Celestial dará o Espírito Santo aos que lho pedirem.”
A triunidade precisa estar presente em nossas vidas: Pai, Filho e Espírito Santo.
Ninguém tem melhores condições de nos ajudar, precisamos buscar ardorosamente este batismo, este foi o último recado deixado por Jesus, quando peregrinava na terra, por isso priorize o Espírito Santo em sua vida.

Nenhum comentário: