quinta-feira, 3 de novembro de 2016

NÃO ABANDONE O MANANCIAL DAS ÁGUAS VIVAS




 Jer.2:13 – “Porque meu povo fez duas maldades: a mim deixaram, o manancial das águas vivas e cavaram cisternas, cisternas rotas que não retém as águas.”
Abandonar a Deus é maldade, o Senhor lamenta através do profeta Jeremias, mostrando como exemplo os povos vizinhos, idólatras, que nunca abandonavam seus deuses.
A rebelião e a insatisfação sempre nos destinam ao fracasso.
Tg.1:16ª –“Não erreis, meus amados irmãos.”
Constantemente somos tentados à insubordinação, ao desvio das ordens de Deus. Lembre-se tudo me é lícito, porém nem tudo me convém(I Co.10:23). Permanecer na Palavra nos mantém firmes em Deus.
Fomos gerados para ser uma nação santa!
I Pe.2:9 – “Mas vos sois uma nação santa, eleita, sacerdócio real, o povo adquirido, para anunciar as virtudes daquele que vos chamou das trevas para a sua maravilhosa luz.”
Como poderemos anunciar as boas novas, o poder e a grandeza de Deus se abandonarmos o manancial das águas vivas?
Não podemos nos desviar do caminho, de Deus não se zomba. O inimigo está sempre espreitando, esperando o momento de nosso tropeço, não podemos deixar o mal nos assolar, porque é a nossa resistência que nos torna vitoriosos.
I Pe.5:8 – “Sede sóbrios e vigiai porque o adversário anda ao derredor, bramando como um leão, buscando a quem possa tragar.”
Fomos escolhidos e precisamos cumprir o propósito para o qual fomos destinados.
Tg.1:17 –“Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das Luzes, em quem não  há mudanças nem sobra de variação.”
Não mude, se mantenha no caminho certo, sem titubear, se preenchendo da Palavra de Deus, quem permanece na luz não tem nenhum resquício das trevas.

Nenhum comentário: