quarta-feira, 8 de junho de 2016

A MORTE DE MOISÉS




 Js.1:1 – “E, sucedeu, depois da morte de Moisés., servo do Senhor, que o Senhor falou a Josué, filho de Num, servo de Moisés, dizendo: Moisés, meu servo é morto, levanta-te pois agora, passa este Jordão, tu e todo este povo, à terra que  eu dou aos filhos de Israel.”
O povo estava seguindo Moisés e, no momento em que esta missão foi transferida a Josué este ficou aturdido com a responsabilidade de conduzi-los à Terra Prometida.
O Jordão precisa ser atravessado para alcançarmos o alvo porque as promessas de Deus são sempre fiéis e  verdadeiras e “levanta-te” é uma ordem expressa dada por Deus.
Pv.27:6 – “Fiéis são as feridas feitas pelo que ama, mas os beijos do que aborrece são enganosos.”
Aceite as perdas e siga em frente. Lamentações e murmurações não nos levam ao destino já programado. Enfrente as lutas e as suas limitações, fortifique-se através da Palavra de Deus.
Perseguições, aflições fazem parte do pacote daquele que quer seguir com fidelidade os caminhos do Senhor. Não podemos esmorecer como bons soldados do Exército de Deus.
O inimigo precisa ser derrotado, nosso chamado é segundo o propósito que Deus para cada um de nós, não fuja do combate, enfrente-os e terá a vitória. Temos que prevalecer contra o mal, reagindo positivamente.
ITim.2:1 – “Tu, pois, meu filho, fortifica-te na graça que há em Jesus Cristo, e o que de mim ouviste entre minhas testemunhas, confia-o a homens fiéis, que sejam também idôneos para também ensinarem aos outros. Sofra pois comigo, as aflições,  como bom soldado de Cristo.”
O evangelho já está pronto, nada precisa ser acrescentado e nem alterado. Permaneça no que “está escrito”. A maneira de agradarmos a Deus é andar de acordo com os seus mandamentos.
Js.1:6 – “Esforça-te e tem bom ânimo, porque tu farás a este povo herdar a terra que jurei aos seus pais lhe daria.”
No fundo, Josué sabia que teria de assumir o cargo de Moisés, pois havia sido preparado para isto (Deut.31:6,8); mas estava titubeante em assumi-lo. A vida continua e precisamos ter ânimo para levantar e prosseguir a obra, mesmo diante de um grande desafio.
O propósito de Deus precisa ser cumprido, as propostas estão feitas nos planos do Senhor desde a eternidade e muitas vezes desanimamos por nos achar incompetentes ou impotentes, mas não podemos desviar do foco, nem olhar para a direita ou esquerda. Atitudes negativas não nos conduzem à meta desejada. A herança está do outro lado do Jordão, muito ou pouco, é o que nos está preparado. A regra é uma só:
Js.1:8 – “Não se aparte de tua boca o livro desta Lei, antes medita nela dia e noite, para que tenha o cuidado de fazer tudo  de conforme quanto ao que nele está escrito, porque então, farás prosperar o teu caminho e, então prudentemente te  conduzirás.”
Nossa vida espiritual só será abençoada quando persistirmos na busca da Palavra de Deus. As regras precisam ser seguidas, pois na Casa do Oleiro há condições de refazer o vaso novamente. Haja de acordo com a Palavra e atravesse o seu Jordão. O prêmio já está reservado, determine o melhor para sua  vida e Deus honrará a sua fé. Exerça a sua autoridade como filho de Deus e assim será feito.
Js.1:5 – “Assim como fui com Moisés, assim serei contigo; não te deixarei, nem te abandonarei.”
Não se curve diante dos problemas, levanta-te e esforça-te. Os Jordões precisam ser atravessados.  Deixe de lado os medos, os ressentimentos, os prejuízos, nada pode impedir o cumprimento  da Palavra de Deus.
Js.1:3 – “Todo o lugar que pisar a planta do teu pé, vo-lo tenho dado,  como eu disse a Moisés.”

Nenhum comentário: